Julio Teixeira

Julio Teixeira

Florianópolis (Santa Catarina) Brazil

Followers:
9
Votes:
13
Comments:
9
Published articles:
1

A Graphic Designer professional, professor with 17 years of experience. I am attending Universidade Federal de Santa Catarina.

Areas of interest: Audiovisual Design, Clothing Design, Graphic Design, Industrial Design, Advertising, Communication, Illustration, Branding

Idioma:
PT
Title:

Design: Importante ou imprescindível?

Synopsis:

Entre os textos e relatos de acadêmicos e de profissionais ligados ao design, percebe-se que um assunto permeia recorrentemente as discussões: O Reconhecimento da Profissão.

Share:

Doutorando do curso de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da UFSC - Brasil, é Mestre em Design e Expressão Gráfica pela UFSC (2011), possui graduação em Design Gráfico pela UDESC (2005). Atualmente é Bolsista de Pesquisa CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e atua como pesquisador. Tem experiência profissional e acadêmica em Design e Gestão principalmente em abordagens relacionadas a Branding, Processos de Desenvolvimento de Projetos, Gestão Visual, Melhoria Contínua, Atendimento Comercial, Projeto Visual e Ilustrações.

9

Apr 2014 My reply on the dialogue started by Yuri Matheus Gomes in the article Design Thinking não é Design

Oi Mauricio, vi esta entrevista com Bruce Nussbaum da Parsons sobre DT e achei que poderia interessar, gostei da leitura e indico: Enlace

0
9

Apr 2014 My reply on the dialogue started by Yuri Matheus Gomes in the article Design Thinking não é Design

Marcio, neste ponto eu concordo 100% contigo. Mas a questão é que vejo a situação do DT mais positiva do que negativa. A engenharia aproveita-se da credibilidade que possui com os números para dominar cadeiras estratégicas, sem deixar de fazer engenharia. Se bem administrado o DT pode ser uma ótima oportunidade para mostrarmos o valor do nosso modo de pensar. Isso pode se mostrar muito valioso em certas áreas e situações que não são tradicionalmente do design.

0
9

Apr 2014 My reply on the dialogue started in the article Design Thinking não é Design

Concordo com Bonsiepe. Mas e quando o design, a partir de seu modus operandi (ou de parte dele), inova de forma estratégica? Qdo ele (re)desenha processos, serviços ou identifica público-alvo? Ele passa a atuar em "áreas" que não são tradicionalmente de design (ex. mkt, modelos de negócios, ensino, mapeamento de padrões, pensamento visual..)? A meu ver o design também está atuando sobre as premissas de Bonsiepe, mas numa esfera diferente, e isso tem grande valor! Em outros tempos (tempo dos números) a engenharia também valorizou seu modo de pensar para ganhar maior espaço no meio empresarial.

0
9

Apr 2014 My opinion in the article Design Thinking não é Design

Marcio,

Quando quando li as primeiras publicações sobre DT tive a mesma impressão. Depois de algum tempo passei a encarar ele como a velha a Gestão de Design (que muitas vezes me reportava as teorias de adm, só que de forma mais superficial e, com mais cores e desenhos). Porém, depois de algum tempo comecei a ver novos livros e artigos que apresentavam ferramentas e processos de design aplicados em outras demandas e realidades, aparentemente distantes do "design tradicional", e com resultados "fora da caixa". Então passei a aceitar que o DT era de fato uma força motriz em processos inovadores.

0
9

Jul 2013 I like the article:

9

Jul 2013 Article translated:

9
9

Muito interessante a representação do modelo de processo por meio de infográfico. Inclusive a lógica, serve para outros processos de design e áreas afins. Tens outros materiais, gostaria de citá-lo, também tenho interesse de trocar umas informações... Parabéns pelo texto.

1
9

Muito interessante Javier! A minha dissertação de mestrado também foi direcionada pequenos produtores agrícolas, porém mais voltada para a identificação e proteção dos produtos. Se tiveres interesse podemos trocar algumas ideias e informações... podes ver minha dissertação neste link do meu website: Enlace%C3%A7%C3%A3o_Julio_Teixeira.pdf

0
9

Apr 2012 I like the article:

9

Apr 2012 My reply on the dialogue started in the article Quer experimentar?

Luiz, o fato de existir uma grande recorrência de designers sendo solicitados a atuar como loja de roupas é, muitas vezes, o preço pago pela postura e discurso de muitos deles (e de + muitos «pseudo-designers»). A regulamentação e amadurecimento da profissão no Brasil, com o tempo, nos auxiliará a minimizar tal forma de trabalho. De fato, o maior preço pago por essa falta de reconhecimento da profissão ocorre por culpa de nós designers, ao nos negligenciarmos em explicar, demonstrar e até impor essa experimentação que você propõe, enquanto isso não acontecer à maior culpa não será do cliente.

1
9

Apr 2012 My opinion in the article Quer experimentar?

Luiz Renato,

Seu artigo é esclarecedor, especialmente, ao comparar de forma exemplificada: a situação esperada (projeto de alfaiate) e o cenário de projeto que muitos designers vivenciam (loja de roupas). No entanto, ao final uma pergunta fica no ar (acredito que propositalmente) sem evidenciar para quem ela é direcionada «Quer experimentar?» Tal pergunta cabe bem tanto para quem contrata o serviço (cliente), como para que oferta (designer).

0
9

Mar 2012 I like the article:

9

Mar 2012 My reply on the dialogue started by Alfredo Gutiérrez Borrero in the article Design: Importante ou imprescindível?

Concordo Alfredo. Não podemos esperar tal reconhecimento social, enquanto postura e discurso profissional forem raridades no meio. Fóruns como esse são instrumentos poderosos para incitação de discussões, ideologias, posturas profissionais, normalizações de boas práticas etc. Portanto, parabéns Foroalfa.

2
9

Mar 2012 Article published in FOROALFA:

Lucilia Alencastro

Lucilia Alencastro

9 months ago

Marcio Dupont

Marcio Dupont

Apr 2014

Rafael Rudnicki

Rafael Rudnicki

Mar 2014

Carlos Sánchez

Carlos Sánchez

Jul 2013

Nelly Doña

Nelly Doña

Jun 2013

FOROALFA

FOROALFA

May 2013

Luciano Cassisi

Luciano Cassisi

May 2013