Fabio Lopez

Fabio Lopez

Rio de Janeiro (Rj) Brazil

Followers:
59
Votes:
234
Comments:
84
Published articles:
4

A Graphic Designer, professional, professor, specialist in Tipografía, with 19 years of experience. Working at Crânio Incrível Design ltda.. Teaching at PUC -Rio Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Areas of interest: Architecture, Audiovisual Design, Graphic Design, Industrial Design, Web Design, Textile Design, Illustration, Branding, Technology, Fashion Design, Motion Graphics


Idioma:
PT
Title:
Designer independente, muito prazer
Synopsis:
A independência como princípio, a autonomia como meta: o caminho mais curto (e seguro) para uma plena realização profissional.
Share:
Idioma:
ES
Title:
mini Rio: 100 miniaturas de Río de Janeiro
Synopsis:
Un homenaje dedicado: un minucioso ejercicio de diseño gráfico y un divertido paseo por la Ciudad Maravillosa.
Share:
Idioma:
PT
Title:
mini Rio: 100 miniaturas da cidade do Rio de Janeiro
Synopsis:
Uma homenagem dedicada, um minucioso exercício de design gráfico e um divertido passeio pela Cidade Maravilhosa.
Share:
Idioma:
PT
Title:
A cultura do improviso
Synopsis:
O improviso como heroísmo cotidiano e o planejamento como solução definitiva: confusões típicas de uma nação em desenvolvimento.
Share:

Fabio Lopez é designer e mestre pela ESDI (UERJ), e professor do departamento de Artes e Design da PUC-Rio. Atualmente integra o conselho curador da Bienal Tipos Latinos, depois de ter sido coordenador técnico e jurado da mostra. Trabalhou durante 5 anos no departamento de design da marca Redley, e atualmente é sócio da empresa Crânio Incrível Design. Desde 2000 atua como designer independente em projetos de identidade visual, tipografia, moda e ilustração. É autor do projeto Mini Rio, homenagem e extenso exercício de representação visual que resultou na criação de mais de 200 pictogramas e padronagens sobre a cidade do Rio de Janeiro. Criou polêmica com os projetos 'War in Rio', 'Bando Imobiliário Carioca' e ‘Batalha na Vala’, que abordam o tema da violência urbana no Rio. Trabalhou na criação da marca Olímpica 'Rio 2016', projeto premiado na 2012 iF Design Awards (categoria Mídia Impressa / Design Corporativo) e destaque na 10ª Bienal de Design Gráfico da ADG-Brasil. Em 2011 venceu o concurso de criação da identidade visual do Centro Carioca de Design – CCD, órgão de fomento ligado à prefeitura da cidade do Rio de Janeiro. Pesquisa design filatélico e desenvolve selos postais para os Correios do Brasil. É palestrante, consultor, caderneiro e articulista.

59
59

9 months ago My reply on the dialogue started by Mario Santiago in the article Designer independente, muito prazer

obrigado Mario! sorte na editora.

0
59

9 months ago My reply on the dialogue started by Roberto Magalhaes Silva in the article Designer independente, muito prazer

59

9 months ago I like the comment of Rogério Torres in the article Designer independente, muito prazer

59

9 months ago I like the comment of Roberto Magalhaes Silva in the article Designer independente, muito prazer

59

9 months ago My reply on the dialogue started by Rogério Torres in the article Designer independente, muito prazer

valeu Rogério! seguimos por aqui. :-)

0
59

9 months ago Started following:

Paco Calles

Professional, Professor with 33 years of experience.
59

10 months ago I like the comment of Mario Santiago in the article Designer independente, muito prazer

59

10 months ago Published the article:

59

One year ago I like the article:

59

Apr 2017 My opinion in the article Cuando el plagio no es plagio

Ótimo artigo, Modesto, obrigado por contribuir com uma discussão de alto nível. Juridicamente, para sustentar uma acusação de plágio, é necessário comprovar 3 aspectos fundamentais, sendo: 1. Acesso (o acusado teve acesso ao conteúdo ʼoriginalʼ); 2. Precedência (o conteúdo ʼoriginalʼ é anterior ao suposto plágio) e 3. Semelhança. Ou seja, apenas a semelhança visual entre 2 projetos não atesta nenhum tipo de irregularidade técnica (até pq, quando esta semelhança é exagerada não se trata mais de plágio, porém pirataria). Coincidências são comuns no exercício da profissão, mas não constituem, necessariamente, plágios. São descuidos ou soluções genéricas de baixa qualidade, clichês... mas não plágio. Geralmente, quando a narrativa do processo é frágil e as semelhanças evidentes, as partes envolvidas acabam chegando à algum tipo de acordo, ainda que o termo ʼplágioʼ não possa ser utilizado plenamente. Cabe aos designers uma avaliação de seus pares sempre técnica, cautelosa e profissional.

0
59

Mar 2017 My opinion in the article Hora del show

Mr. Spiekermann tem uma produção impressionante e um vasto repertório de bons textos sobre tipografia e design gráfico. Mas esse, definitivamente, não me parece ser um bom exemplo do que acabei de afirmar. Nem tanto por suas colocações naturalmente ácidas e taxativas, mas pela pouca relevância do tema e do conteúdo em si. É pouco para esta plataforma, na minha sincera e não solicitada opinião.

0
59

Dec 2016 My reply on the dialogue started by Ana Maria Gutierrez in the article mini Rio: 100 miniaturas de Río de Janeiro

Gracias Ana! Sigo trabalhando para viabilizar a publicação, mantenha contato. ;-)

0
59

Dec 2016 My reply on the dialogue started by Paulina Aguilar in the article mini Rio: 100 miniaturas de Río de Janeiro

Gracias Paulina! Fico feliz que tenha gostado do projeto. o/

0
59

Dec 2016 My reply on the dialogue started by Daniela Viramontes in the article mini Rio: 100 miniaturas de Río de Janeiro

Gracias Daniela. Compartilhar essa odisseia era uma obrigação. :-)

0
59

Dec 2016 My reply on the dialogue started by Rubén Bresan in the article mini Rio: 100 miniaturas de Río de Janeiro

Gracias Rubén!

1
59

Dec 2016 I like the comment of Ana Maria Gutierrez in the article mini Rio: 100 miniaturas de Río de Janeiro

59

Dec 2016 I like the comment of Rubén Bresan in the article mini Rio: 100 miniaturas de Río de Janeiro

59

Dec 2016 I like the comment of Paulina Aguilar in the article mini Rio: 100 miniaturas de Río de Janeiro

59

Dec 2016 I like the comment of Daniela Viramontes in the article mini Rio: 100 miniaturas de Río de Janeiro