Carlos Miranda

Carlos Miranda

Belo Horizonte (Minas Gerais) Brasil

Seguidores:
0
Votos:
0
Opiniones:
1

Diseñador Industrial profesional, docente especialista en Diseño de empaques, con 21 años de trayectoria. Trabaja en Quatter Design. Ejerce la docencia en UEMG - Escola de Design.

Áreas de interés: Diseño Industrial, Tecnología

Doutor em Engenharia de Materiais pela REDEMAT (UEMG,CETEC,UFOP), Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Bacharel em Design Industrial pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) e Técnico em Mecânica Industrial formado pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG). Professor de Educação Superior Efetivo da Universidade do Estado de Minas Gerais - Escola de Design, desde 2004. Atualmente exerce a função de Coordenador do Curso de Graduação em Design de Produto. Tem experiência na área de Design Industrial, com ênfase em Desenvolvimento de Produtos, atuando profissionalmente e prestando consultoria nas áreas de Design de Embalagem e Gestão do Design, Administração de Materiais e Logística.

0

Oct 2012 Me gusta el artículo:

0

Feb 2012 Me gusta la opinión de Marcus Dohmann en el artículo Prova de habilidade para ingresso em cursos de design

0

Feb 2012 Mi opinión en el artículo Prova de habilidade para ingresso em cursos de design

Os argumentos são válidos, mas concordo com o colega Dohmann. O exame pode proporcionar também a avaliação de capacidades cognitivas específicas, dentre elas a visão espacial. Além disso, ao estabelecer um patamar mínimo de nivelamento o curso pode dar sequência no aprendizado de técnicas de representação específicas que sim, são demandadas pela indústria (p.ex.: automotiva). Desconheço outra forma de representação que seja tão rápida e versátil quanto o desenho à mão livre, o que torna mais ágil e eficiente o processo. Alunos desprovidos desta habilidade notoriamente tem pior aproveitamento.

0