Design para o homem espiritual

O Design deve ajudar a alcançar o equilíbrio entre o homem material e o espiritual nesse novo seculo.

Retrato de Marcio Dupont Marcio Dupont São Paulo Seguidores: 65

Opiniões:
1
Votos:
9
Compartir:

Nesse novo século o design deve se reinventar. Existir a partir de outra perspectiva, e não mais enfatizar e valorizar tanto o lado material do homem, como tem feito até agora, dando atenção ao homem espiritual, desde a criação de  uma nova realidade material de produção, consumo e descarte de acordo com os princípios do respeito, da cultura e da educação. Um universo que inclua o planeta Terra e todo os seus habitantes.

O design em uma futura situação ideal deveria equilibrar o homem material e espiritual. Porém, atualmente a tecnologia é ao mesmo tempo escrava e dona do homem material, nos dando a falsa idéia de sermos uma raça inteligente e em progresso constante.

Será o design atual reflexo externo do caos interno, da pobreza espiritual e moral do ser humano?

Esse caos se traduz em um contexto desequilibrado, que é o contexto do material e não do espiritual. Sendo assim as atuais crises ecológicas e financeiras são apenas uma exteriorização da pobreza espiritual do homem e da sua falta de respeito por toda e qualquer vida, inclusive a dele. Nós designers somos construtores de realidades, de estilos de vida, geramos novos paradigmas, por isso, podemos criar uma nova consciência e educar por meio do design!

A obrigação moral do designer

Temos a obrigação moral de propor, inovar e desenhar com uma nova visão, criando design com benefícios significativos e essenciais.

Podemos gerar serviços no longo prazo para uma determinada comunidade, sendo o homem espiritual o novo centro de atenção e, partir dele propor uma nova realidade sustentável de projeto, manufatura, consumo e descarte. Uma realidade com ênfase no emocional e na experiência do consumidor. O aspecto emocional deve ser o propulsor de novos conceitos a partir dos quais o aspecto tecnológico e material somente ajudará a materializar esse novo mundo.

A percepção sobre o design será diferente quando esse tiver um novo significado e for entendido por todos, trazendo qualidade de vida para uma maioria. Como exemplo temos o «design sustentável» em uma nova atitude para com o design da qual o homem faz parte de algo maior e não apenas isolado em sua suposta grandeza. É uma relação constante e consciente com o seu contexto. Não é possível continuar projetando produtos e serviços de modo inconsciente para o homem material, esquecendo de que sempre há uma ação-reação ainda que não seja visível imediatamente ou que produza efeitos em local distante de sua utilização.

Design, um direito de todos

Até agora o design não está disponível em massa para aqueles que não podem «con$umi-lo» quando deveria ser um direito básico e tão essencial quanto a educação, alimentação, saúde, ainda que estes últimos sejam escassos também em alguns países.

O design deve ter sempre uma participação com benefícios mais positivos, não apenas como um produto para ser consumido. Desenhar para o homem espiritual significa respeitar o planeta Terra e a natureza, otimizando o nosso entorno material, visível e invisível, criando qualidade de vida para todos.

É urgente uma regeneração moral e material acelerada do Homem, o planeta Terra não pode esperar e nós muito menos. O homem material deve dar o seu lugar ao homem espiritual e assim construiremos uma nova realidade material de acordo com o século 21, por meio de uma nova educação, cultura e principalmente pela paz do homem consigo mesmo.

O que você acha? Compartilhe sua opinião agora! Necesitamos tu ayuda para continuar produciendo contenidos gratuitos. Considera apoyar el trabajo de FOROALFA con una donación de cualquier valor en PayPal.


Este vídeo pode lhe interessar👇👇👇

Retrato de Marcio Dupont Marcio Dupont São Paulo Seguidores: 65

EdiçãoAna Bossler Porto Alegre Seguidores: 71

Opiniões:
1
Votos:
9
Compartir:

Colabore com a difusão deste artigo traduzindo-o

Traduzir ao espanhol Traduzir ao inglês Traduzir ao intaliano
Código QR para acesso ao artigo Design para o homem espiritual

Este artigo não expressa a opinião dos editores e responsáveis de FOROALFA, os quais não assumem qualquer responsabilidade pela sua autoria e natureza. Para reproduzi-lo, a não ser que esteja expressamente indicado, por favor solicitar autorização do autor. Dada a gratuidade deste site e a condição hiper-textual do meio, agradecemos que evite a reprodução total noutros Web sites.

Marcio Dupont

Más artículos de Marcio Dupont

Título:
Design Thinking não é Design
Resumo:
Há uma febre de Design Thinking no mundo, levando a uma visão errada sobre a profissão do Design. O artigo questiona, não o Desing Thinking, mas a sua aplicação superficial.
Compartilhar:
Título:
Clara Porset, a cubana que reinventou o design no México
Resumo:
Este artigo é uma homenagem a Clara Porset Dumas, desenhista industrial cubana pouco conhecida no Brasil e até em Cuba, responsável por construir um novo México através do Design.
Compartilhar:
Título:
O Design: pensamento estratégico para a inovação
Resumo:
O design aplicado como pensamento estratégico na empresa gerando vantagens competitivas na forma de novos modelos de negócios, serviços e experiências.
Compartilhar:

Debate

Logotipo de
Sua opinião

Ingresse com sua conta para opinar neste artigo. Se não a tem, crê sua conta grátis agora.

Retrato de Nana Monteiro
0
Nana Monteiro
Out 2013

Parabéns por este artigo.

0
Responder

Lhe poderiam interessar

Retrato de Marcos Beccari
Autor:
Marcos Beccari
Título:
O designer solipsista
Resumo:
Cada um de nós é como um peixe que não vê a água na qual está imerso e, por conseguinte, sua existência real (do peixe e da água) não passa de uma emaranhado de sentidos.
Compartilhar:
Interações:
Votos:
9
Seguidores:
41
Retrato de Pablo Torres
Autor:
Pablo Torres
Título:
A ressureição do design físico
Resumo:
Ao contrário de muitas previsões e dos incríveis produtos digitais existentes, os livros físicos não morreram; por motivos semelhantes, o Design físico também não morrerá.
Compartilhar:
Interações:
Votos:
2
Seguidores:
8