Márcio Moreira Lambert

Márcio Moreira Lambert

Belo Horizonte (Minas Gerais) Brazil

Followers:
0
Votes:
2
Comments:
12

A Graphic Designer, professional, professor, specialist in Estratégia de comunicação, with 33 years of experience. Working at Neti Comunicação Integrada. Teaching at UEMG - Escola de Design.

Areas of interest: Architecture, Graphic Design, Industrial Design, Advertising, Communication, Marketing, Landscaping, Branding


54 anos, graduado em Design Gráfico pela Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG, especialização em Comunicação e Gestão Empresarial pela Universidade Católica do Estado de Minas Gerais. Professor da cadeira de Estudos de Mercado da UEMG e Diretor da Neti Comunicação Integrada, empresa que há 23 anos atua na área de Comunicação Corporativa www.neti.com.br.

Consultor de Comunicação da UEMG, junto à reitoria da instituição e pai de 4 filhos.

0

Sep 2012 My opinion in the article Retórica e design: a experiência brasileira

Alejandro, muito oportuna a leitura de seu artigo. Aqui na Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG, onde leciono, desenvolvemos no último ano um projeto muito rico em relação às questões que você pontua. Um projeto de leitura e desenvolvimento de produtos e comunicação para um significativo trecho do circuito Estrada Real (antigo caminho de transporte do ouro do interior para o litoral). Analise do ambiente, cultura, manifestações vernaculares...enfim, um projeto para o seu próprio ambiente. Vou ver se consigo lhe enviar via Foro Alfa.

0
0

Sep 2012 My opinion in the article O design como conceito universal (Parte 1)

É como se estivessemos lendo a mesma história do Design no Brasil. Vivemos históricamente situação muito semelhante. Com relação à palavra estar sendo utilizada e aplicada a discursos e situações diferentes ao que de fato representa (desenho de estratégia política, sem materialidade por exemplo) prefiro pensar que nossa atividade já assumiu uma importância tão grande e tem uma práxis tão séria e completa que passa a ser apropriada por diferentes atores. Acho bom, muito bom. Isto obriga a todos os designers entender, com muita propriedade, sua profissão.

2
0

Aug 2012 I like the article:

0

Aug 2012 My opinion in the article A eterna e inútil discussão

Uma reflexão leve e bem humorada em um mundo complexo e de pouco humor. Um conteúdo que, em tese, não precisaria ser retomado. Isto valida um outro raciocínio, mais filosófico, que diz respeito ao dilema. Vivemos o dilema. Sempre que precisamos definir ou escolher algo, vivemos o dilema. O que facilita definirmos ou escolhermos com mais acertividade é conhecermos bem o que fazemos (conhecimento) e termos convicções mais claras (princípios). Assim, o artigo nos faz pensar em nossos conhecimentos e princípios.

0
0

Jun 2012 My opinion in the article Dez princípios do design gráfico

Bem oportuna esta reflexão. Precisamos voltar a refletir e considerar em nossos projetos parâmetros mais objetivos, claros e concisos para evitarmos ou talvez administrarmos melhor este momento onde as opiniões e pareceres são tão volúveis, complexos e as vezes inadequados.

0
0

Jul 2011 My opinion in the article Karim Rashid en México

Por favor, não me joguem pedras! Achei uma bobagem!!

0
0

Jul 2011 My opinion in the article ¡Existo! Luego diseño

Muito boa reflexão! Tenho dito sempre para meus alunos que somos prestadores de serviço que somos contratados para realizar corretamente uma tarefa e que devemos faze-la da melhor forma possível. As vezes, em sala de aula, para «estimular» a turma, comparo nossa atividade à tarefa de um pedreiro ou de um prestador de serviço hidráulico que contratamos. Se este fizerem bem o serviço, irá nos satisfazer e iremos indica-lo para amigos. Se não, tiramos de nossa agenda.

0
0

Jul 2011 I like the article:

0

Jul 2011 My opinion in the article Sí logo

Muito bom!Porém, não podemos esquecer que devemos analisar as marcas no âmbito da comunicação e, sendo assim, passamos a refletir sobre outras questões como o Programa de Identidade Visual da Marca e suas demais manifestações (linguagens para a comunicação interna, comunicação externa, pdvʼs etc). Este conjunto é que irá construir a força da marca. Temos que saber, para comprovar a eficácia de uma marca tipográfica ou de uma marca diferenciada, como ela se apresenta. Não existe a marca fora do contexto da comunicação. O artigo aborda tecnicamente a questão porém, deslocada de um cenário.

0
0

Jul 2011 I like the article:

0

Jul 2011 I like the article:

0

May 2011 My opinion in the article ¿Cómo debe ser una marca país?

Um país tambem pode e deve se apresentar da melhor maneira possível perante

seus públicos. A criação de uma marca, que significa a criação de uma imagem, deve

trazer os significados de seus melhores atributos. Isto não quer dizer que os

simbolos maiores de orgulho do país sejam desrespeitados. A moeda e a bandeira são

simbolos, imagens do coração. Enaltecem o patriotismo, sentimento de orgulho e

pertencimento de seu próprio povo. A marca de promoção do país deve ser diferente,

trata-se do despertar e mostrar aos outros, valores e características que

gostaríamos que fossem reconhecidas.

0
0

May 2011 I like the article:

0

Sep 2010 My opinion in the article Sopas Knorr: imagen y tentaciones

Apresenta uma solução correta, parabéns à equipe. Porém não apresenta nenhuma inovação ou aspecto semiótico, gestaltico etc que justifique, na minha opinião, sua publicação neste veículo. Repito, é um projeto comercial com solução «honesta». Entendo o ForoAlfa como um canal de reflexão de temas e projetos de conteúdo mais instigante e enriquecedor da atividade.

0
0

Aug 2010 My opinion in the article ¿Qué significa innovar en diseño?

Penso que o pragmatismo dos tempos atuais é o inibidor da inovação. Nesta opinião preciso ser pragmático pois tenho apenas 600 toques para abordar o tema. É isto! O pragmatismo é necessário para decisões e opiniões rápidas. Em design, em projeto, tem sido imposto o pragmatismo na solução o que impede a inovação. Inovar pressupõe pensar. Pensar pressupõe analisar inúmeras grandes e pequenas questões de projeto. Exige método, percepção e sentimento. Naturalmente surge a inovação.

0
0

May 2010 My opinion in the article El desafío de reconstruir Chile

Usando uma expressão popular, «você tocou na ferida!». Você colocou uma questão importantíssima não só na reconstrução do espaço de se viver como tambem na construção de um espaço desta natureza. Se posso contribuir, sugiro a participação ininterrupta da imprensa. Acompanhar o desenrolar das ações públicas e, através de orgãos de representação de interesse da população e outros (arquitetos, urbanistas, designers...) registrar, cobrar, investigar... Sem esta participação, estes projetos tendem a ser resolvidos da maneira mais simples. Da pior maneira.

0
0

May 2010 My opinion in the article Un logo para dos celebraciones

Sensacional!! Lindo!! Inteligente!! É um daqueles projetos que, com uma inveja saudável, chegamos a pensar: «Como gostaria de ter feito isto!». Um projeto, um registro da história que seguramente será lembrado por mais de 200 anos! Parabéns!!

0