A Publicidade como diretora da novela das nossas vidas

Diariamente, cada um de nós deve desempenhar um papel na sociedade. Um papel que provavelmente não escolhemos interpretar.

Retrato de Paola Marín Paola Marín Bogotá Seguidores: 10

Opiniones:
0
Votos:
2
Compartir:

Geralmente fazemos as coisas sem sequer nos perguntar por que as fazemos, ou quem determinou que deveriam ser de uma determinada forma. Poucos conseguimos determinar quem é o diretor das nossas vidas, aquele que nos diz qual será nosso papel e como teremos de desempenhá-lo. Nosso diretor é sigiloso e passa despercebido. É como uma mensagem subliminal de uma canção: a gente não ouve, mas ela trabalha na nossa mente. Nosso diretor é tão inteligente que se faz chamar «Publicidade».

Desde seus inícios, a publicidade conseguiu mudar o pensamento e o comportamento das pessoas. Foi ela que, por meio de suas peças, determinou o lugar da mulher na sociedade, fazendo-a passar do papel de mulher submissa, que somente cuidava do marido e dos filhos, ao de mulher independente, trabalhadora e lutadora que, sem deixar de lado sua família, podia também realizar seus sonhos.

A publicidade é de uma transcendência tal nas nossas vidas que ela inclusive nos diz como amar e o que esperar do amor, nos diz o que vestir e como agir. Talvez por isso haja tantas pessoas vivendo na infelicidade: porque a publicidade nos vende sonhos, ideais e expectativas que provavelmente não conseguiremos conhecer na vida real. Quantas mulheres deixam passar homens bons, que as amam, só porque não se parecem com o ideal do príncipe azul que sempre nos venderam? E até mesmo tendo homens bons, elas sofrem e dizem que não encontram o verdadeiro amor. Quantos homens têm dó de dizer que não gostam de futebol? Isso somente por medo de serem vistos como esquisitos, porque culturalmente todos os homens têm de ser aficionados do futebol.

Não digo que a publicidade seja ruim. Sou publicitária e amo ser publicitária. Digo que devemos atentar mais para as mensagens que recebemos e saber quais devemos ignorar. Também digo que, às vezes, devemos sentir mais e pensar menos, que devemos nos preocupar mais tentando ser felizes do que tentando satisfazer os outros, porque de tanto pensar perdemos oportunidades que realmente nos fariam sorrir.

O que aconteceria se cada um começasse a criar seu próprio ideal de felicidade? Com certeza, conseguiríamos ser felizes. A publicidade pode obter coisas maravilhosas. A publicidade social, por exemplo, essa sim mereceria ter a nossa atenção o tempo todo, porque realmente nos ajuda a construir uma sociedade melhor. Mas aquela que nos diz como devemos ser, essa, deveríamos simplesmente eliminar. Se nós publicitários tivéssemos uma ideia da imensa ferramenta que temos nas nossas mãos e utilizássemos com sabedoria, possivelmente não seríamos vistos apenas como aqueles que fazem o cartaz da padaria ou os cartões de visita.

Retrato de Paola Marín Paola Marín Bogotá Seguidores: 10

Traducción: Eliane Frenkel Montevideo Seguidores: 1

Opiniones:
0
Votos:
2
Compartir:

Colabora con la difusión de este artículo traduciéndolo

Traducir al inglés Traducir al italiano
Código QR de acceso al artículo A Publicidade como diretora da novela das nossas vidas

Este artículo no expresa la opinión de los editores y responsables de FOROALFA, quienes no asumen responsabilidad alguna por su autoría y naturaleza. Para reproducirlo, salvo que estuviera expresamente indicado, por favor solicitar autorización al autor. Dada la gratuidad de este sitio y la condición hiper-textual del medio, agradeceremos evitar la reproducción total en otros sitios Web.

Debate

Logotipo de
Mi opinión:

Ingresa con tu cuenta para opinar en este artículo. Si no la tienes, crea tu cuenta gratis ahora.

Te podrían interesar

Retrato de Joan Costa
Autor:
Joan Costa
Título:
Tabletas iPad de 5300 años de edad
Sinopsis:
Reflexiones sobre el «nuevo» gadget de Apple y la historia de la escritura.
Compartir:
Interacciones:
Votos:
127
Opiniones:
79
Seguidores:
2228
Retrato de Sebastián Vivarelli
Autor:
Sebastián Vivarelli
Título:
Escuchar imágenes, mirar música
Sinopsis:
Sobre la relación entre las partes, el todo, y los procesos creativos en cine, música y diseño.
Compartir:
Interacciones:
Votos:
90
Opiniones:
47
Seguidores:
289

Próximos cursos online

Desarrollamos para ti los mejores cursos online de actualización profesional, que te permitirán formarte y especializarte de la mano de renombrados especialistas

Auditoría de Marca

Auditoría de Marca

Taller de práctica profesional: análisis, diagnóstico y programa de marca sobre casos reales

6 semanas
8 Abril

Branding Corporativo

Branding Corporativo

Cómo planificar, construir y gestionar la marca de empresas e instituciones

4 semanas
20 Mayo

Estrategia de Marca

Estrategia de Marca

15 claves para programar el diseño de símbolos y logotipos de alto rendimiento

4 semanas
24 Junio

Branding: Diseñador y Cliente

Branding: Diseñador y Cliente

Tratar con el cliente, hacer presupuestos y planificar las etapas de la creación de una marca

3 semanas
2 Septiembre