Marcos Esquef

Marcos Esquef

Campos Dos Goytacazes (Rio de Janeiro) Brasil

Seguidores:
0
Votos:
2
Opiniones:
4

Diseñador Industrial profesional, docente con 32 años de trayectoria. Trabaja en Instituto Federal Fluminense. Ejerce la docencia en Instituto Federal Fluminense.

Áreas de interés: Arquitectura, Diseño Gráfico, Diseño Industrial, Publicidad, Comunicación, Ilustración, Tecnología

Doutor e Mestre em Educação, Especialista em Tecnologia Educacional, Licenciado em Desenho e Bacharel em Desenho Industrial; Prof. do curso de Design do Instituto Federal Fluminense; Pesquisador de temas que envolvem a cultura material; o Design enquanto categoria fetichizada que envolve e influencia o comportamento de nossa sociedade; a relevância do vetor social desta categoria profissional; e os aspectos fenomênicos que metamorfoseam a atividade do Design em mercadoria.

0

Hace 4 semanas Mi opinión en el artículo No cualquier cosa es una marca

Muito boas as suas reflexões. E altamente necessárias de serem expostas, nessa nossa líquida "era irracional" e esquizofrênica. Gracias mais uma vez!

1
0

Aug 2014 Mi opinión en el artículo 10 Principios do Design

Excelente! Exposto de forma clara, simples e, atual. Especialmente, quando reitera o caráter de "simplicidade" aos projetos, o domínio da técnica, o aprender sempre, a experimentação. Aspectos que não se observa muito, hoje em dia. Parabéns!

0
0

Sep 2013 Me gusta el artículo:

0

Sep 2013 Mi opinión en el artículo O design na sociedade do espetáculo

Excelente reflexão. Concordo plenamente. Basta de vivermos o «mito da caverna» de Platão. O Design precisa ser reconhecido para o qual foi desenvolvido. Cabe, ao menos, às instituições formadoras de designers incluir, ou intensificar um pensamento filosófico acerca dessa profissão e sua contradições de base.

1
0

Jun 2011 Mi opinión en el artículo El diseño del inconsciente

Muito pertinente. Congratulo o autor. Hoje, se faz necessária uma reflexão acerca dos apelos simbólicos e da inflexão que vem sofrendo a área do Design, principalmente no último quartel do século passado.

0
0

Jun 2011 Me gusta el artículo: