Vitor Almeida

Vitor Almeida

Portalegre Portugal

Followers:
0
Votes:
0
Comments:
0

An Architect student

Areas of interest: Communication

Cortir =P A vida está presa por um fio, de um dia para o outro tudo pode mudar, de um momento para o outro o ar pode faltar, tudo tem o seu tempo, tudo tem a sua linha de seguimento, mas será que tem de ser sempre tudo assim, por uma linha, por um destino? Cada ser vivo tem a sua vida na mão, pode decidir qual o caminho correcto, erros todos comentem, mas até os próprios erros nos fazem aprender, nos ajudam a traçar o nosso próprio carril em busca do comboio da felicidade. A vida é feita de escolhas. Quando vez o fundo da vida, cada situação é uma escolha. Cada pessoa escolhe como reagir ás situações. Cada pessoa escolhe como cada situação afectará o seu humor. É a nossa escolha de como viver a nossa vida. Mas por vezes porquê ter de escolher? Simplesmente um dia de cada vez, dias bons dias maus, mas ainda assim nós podemos escolher, cada vez que algo de mal nos acontece, podemos ficar em baixo e não reagir ou podemos aprender e crescer com cada situação. A solução muitas vezes está em não desistir, ir a luta e persistir. Costumo pensar, para cada coisa má que nos acontece na vida, está para chegar uma muito melhor para nos ajudar. Bom, mas quem sou eu para dizer estas coisas, se ainda agora a minha vida está a começar…

18

Dec 2012 I like the article:

18

Sep 2012 I like the comment of Alejandro Arrojo in the article Leonardo da Vinci usaba Mac

18

Feb 2011 I like the article:

18

Feb 2010 My opinion in the article ¿Existe la «teoría del diseño»?

Debate interesante por los muchos puntos de vista que ha puesto en evidencia. Me permitiré ser un poco pedante. Hace ya muchos años Aristóteles quiso clasificar los saberes de la humanidad y comprender qué es lo que les diferenciaba. El diseño, del que Aristóteles no habló porque no existía, pero las artes y las técnicas, las artesanías sí disponen de un cuerpo sistematizado de conocimientos. El diseño actual dispone de ese cuerpo de conocimientos: es el designerly way of knowing. Se puede hacer un artículo pero ya lo explicó Sheila aquí.

1
18

Nov 2009 My opinion in the article Londres 2012: ¿un buen símbolo?

De acuerdo totalmente con José M. Cerezo. Añadiría que como símbolo gráfico, no es ni bueno, ni malo, un poco banal. Lástima de unos referentes tan claramente Pop para los colores para un evento que ha de suceder lde aquí a 4 años. Para un evento multilingüe como unas olímpiadas, tiene la ventaja que no se puede leer ni pronunciar... Veremos cómo le llaman

0
18

Jul 2005 Article published in FOROALFA: