Jaci Madsen

Jaci Madsen

Rio de Janeiro (Rio de Janeiro) Brazil

Followers:
6
Votes:
4
Comments:
5

A Communication Expert professional, professor with 34 years of experience. I work at JMD COMUNICACAO.

Areas of interest: Graphic Design, Advertising, Communication, Marketing, Branding

Especialista em Markting, Designer gráfico, Diretora geral da JMD Comunicação, Gerente de Marketing da Junta de Missões Mundiais.

Paixão por Marketing & design, sua transversalidade, fundamentos, desdobramentos, relações, mutações e tendências.

 

6

Jun 2016 I like the article:

6

Feb 2015 I like the article:

6

Feb 2014 I like the article:

6

Dec 2013 I like the article:

Ronald Kapaz

Primavera

26
6
6
6

May 2013 My reply on the dialogue started in the article Quanto ganha por mês um designer assalariado?

Olá Alexandre,

Entendo que o profissional precisa se destacar, se diferenciar, ser atualizado, investir em conhecimento e cultura. Isso faz o profissional crescer , se valorizar e ser valorizado.

O «valor» para cada um chega a um tempo. Não é o salario que move o profissional, mas seu talento.

Eu estou no Rio de Janeiro, e te digo que um junior com pouquissima experiencia, criativo e com potencial, ganha em torno de R$1.500.

Menos que isso... ou o cara nao é bom, ou a empresa nao é boa.

Eu nao contrataria uma pessoa que topa ganhar 800, sendo formada.

Não faz sentido.

2
6

May 2013 My opinion in the article Quanto ganha por mês um designer assalariado?

O salário de um trabalhador, em qq profissão, não depende apenas da formação. Porte da empresa, atribuições, agilidade, proatividade, conhcimentos em áreas afins, habilidades múltiplas...tudo conta.

No caso de um recem-formado, com pouca experiencia, é comum o mercado pagar entre R$1.500 e R$2.500 + beneficios.

Para um designer experiente, ágil, super criativo e focado em resultados: entre R$3.000 eR$ 4.800 + beneficios

Para quem coordena, pensa processos, propoe coisas novas... o limite é o valor percebido do profissional. A pArtir de R$ 6.000

Menos que R$1.500, é COVARDIA, exploração.

2
6

Jun 2010 My opinion in the article Aerolíneas Argentinas ¿mejor o peor?

Por que usar este meio de comunicação para tantas críticas irônicas em vez de buscar compreender o PORQUÊ?

Aproveitaríamos mais se nos permitíssemos tentar compreender o quanto a CULTURA, o COMPORTAMENTO, os interesses/ cenários ECONÔMICOS e POLÍTICOS, podem e/ou efetivamente influenciam nas decisões de marca.

A questão central desta discussão não deveria ser se é «melhor ou pior» ou se «gosto ou não gosto», mas se há pertinência ....qual a essência ...o que significam/ representam as decisões sobre a simplificação da forma do símbolo, da escolha de cores e tipografia mais leves.

0
6

Jun 2010 My opinion in the article El diseño como negocio

Penso que esta seja uma iniciativa muito importante e válida. Lamentável que seja apenas 1 dia para tratar de um tema tão relevante. Talvez FAROALFA pudesse incentivar seminários como este em outros países da América do Sul através de parcerias estratégicas com associações de design locais. Ou, quem sabe, criar um evento maior (3 ou 4 dias), incentivando designers de toda América Latina a participar. Outra possibilidade seria criar o evento em uma cidade, com transmissão simultânea para outras cidades/ países, com espaço para discussões locais após as palestras transmitidas.

0
6

May 2010 My opinion in the article ¿Existe un lenguaje del color?

Mais que propriedades físicas, as cores contêm aspectos emocionais e informacionais.

Na criação de um projeto é fundamental considerar os aspectos de adequação da cor ao público alvo, produto ou serviço, questões socioculturais & geográficas, bem como os objetivos de comunicação.

Em comunicação, todos os elementos utilizados em uma peça carregam informações repletas de significados. A reunião desses elementos deve produzir uma mensagem relevante, convincente, e pregnante. Sendo a cor parte relevante da INFORMAÇÃO, seu papel na comunicação é fundamental.

0