Alexandre Fontes

Alexandre Fontes

Porto Alegre Brazil

Followers:
2
Votes:
5
Comments:
9

A Graphic Designer professional, student with 9 years of experience. I am attending UniRitter - Centro Universitário Ritter dos Reis. I work at UP Design.

Areas of interest: Audiovisual Design, Public Relations, Graphic Design, Industrial Design, Web Design, Advertising, Communication, Illustration, Marketing, Interior Design, Branding, Motion Graphics, Art, Education

2

One year ago I like the article:

2

Jun 2016 My opinion in the article As receitas no design de marca

Obrigado pelas idéia compartilhada Noberto. Há alguns anos, no início de minha graduação ainda era bastante difícil compreender o sentido de marca, identidade visual e branding. A gente está naquele mar de novas informações, não sabe muito bem como proceder e acaba se apegando aos processos e recomendações de funcionalidade para ter segurança de estar fazendo um bom projeto. Mas os tempos são outros, e as marcas são entidades maiores, estão por toda parte e em diversas escalas, então, concordo plenamente, que não há fórmula e talvez o único caminho seja uma conexão profunda com a essência da mesma. Grande abraço e obrigado mais uma vez pela reflexão!

0
2

Apr 2015 I like the article:

2

Jan 2015 I like the article:

2

Jun 2014 Following:

2

Jun 2014 My opinion in the article Projetar para restaurantes

Muito interessante seu artigo, inclusive, bastante distinto do que tenho visto pelo FOROALFA. Suas dicas parecem bastante pertinentes e foram capazes de abrir meus olhos para detalhes que não percebia até então. Além de concordar com o que o colega Wesley Pinto colocou, vejo em seus argumentos um verdadeiro posicionamento estratégico do design, como a diagramação e a escolha dos elementos gráficos em benefício direto ao lucro do negócio e das escolhas do consumidor. Infelizmente percebe-se no mercado mais preocupações com a estética pela estética. Parabéns mais uma vez!

3
2

Jun 2014 I like the comment of Wesley Pinto in the article Projetar para restaurantes

2

Jun 2014 Following:

Erik Spiekermann

Professional
2

May 2014 My opinion in the article Com ou sem símbolo

Interessante colocação.

De fato, parecem prevalecer algumas diretrizes populares que nos levam a conceber artefatos sem uma dissecação de seu corpo e questionamento prévio do porquê de seus membros.

Vemos os reflexo disso em algumas identidades que se munem de elementos diversos para tentar afirmar desesperadamente seu posicionamento e quando aplicadas em todos os entornos, acabam por padecer em sua eficiência.

Seria falta de pensamento crítico?

Seria insegurança com os resultados do projeto?

1
2

Mar 2014 My opinion in the article Qual é a diferença entre arte e design?

Ótimo artigo, muito bem defendido. Considerando que meu professor de história da arte colocava em aula seu ponto de vista: "A arte é a necessidade humana de transmitir a alma". Considerando essa "necessidade", podemos fazer da arte um belo projeto de design para a alma.

0
2

Mar 2014 I like the article:

2

Mar 2014 My opinion in the article Menos é menos, mais é mais

Achei bastante pertinente seu ponto de vista. Acredito também que o design tem facetas suficientes para ser mostrar ora complexidade, ora simplicidade. Ora tornar o simples robusto, ora simplificar o complicado.

Mesmo assim, acabei por chegar em outra reflexão: O que será que podemos exprimir da frase de Van der Rohe "Menos é mais"?

O que é mais? O ardono sempre é complexo? O ardono não pode fazer parte da essência daquele objeto? Tornando-o então simplório, ao invés de simples quando se retira o adorno necessário?

0
2

Mar 2014 My opinion in the article A qualidade existe e é inegociável

Uma vez um palestrante, Carlo Giovani, ilustrador e designer, falou que devemos tomar extremo cuidado com tudo que produzimos, pois somos responsáveis pela qualidade da próxima cultura gráfica.

E isso parece se conectar diretamente com o que esse texto se propõe. Além de termos que adquirir o conhecimento específico para identificar bons produtos gráficos, também devemos deixar como legado no mercado, peças impecáveis que estimulem clientes, empresas e novatos a perseguir uma linguagem gráfica de qualidade.

Gostei muito das reflexões e admiro a convicção de seus argumentos.

0
2

Jan 2014 My opinion in the article Marca cromática e semântica da cor

Talvez a cor seja apenas parte de um imenso de trabalhos gráficos que tem seu significado pouco percebido. Como o Mateus Garcia comentou, o contexto e o repertório são decisivos na decodificação dos signos. Quantas vezes nos surpreendemos ao "descobrir" as intenções e não intenções de um arquiteto em uma construção? Num quadro de um artista? Nos pormenores de um anúncio publicitários? Olhos educados irão ver grades, cores, conceitos, proporções, simetria e mais desdobramentos dos significados. Um designer que projeta apenas por sua ótica certamente limitará a percepção final do seu público.

1
2

E é incrível como isso acontece! Ótimo ponto de reflexão.

Arrisco dizer que praticamente todos alunos já passaram ou passarão por uma situação dessas. Como é terrível: um conteúdo interessante, um professor de inteligência aguçada, ambos ofuscados por uma apresentação pobre, maçante e confusa.

Neste ponto, acho que alguns designers/professores poderiam aprender com os publicitários, que muitas vezes tornam a apresentação envolvente como parte-chave do "produto" que querem vender.

0
2

Dec 2013 Following:

Ronald Kapaz

Professional with 39 years of experience.
2

Dec 2013 My opinion in the article Primavera

Interessante colocação, talvez nunca tenha pensado, ou melhor, sentido o Design Thinking desta forma.

O Design Thinking parece uma lenda aqui no Brasil. É muito falado, mas ainda parece pouco praticado, até mesmo designers bastante comprometidos com a pesquisa, metódicos na prática projetual, parecem sair cada vez menos dos seus escritórios para "sentir" o mundo.

Opinião bastante pessoal, mas construída com fragmentos de outros discursos, sinto uma falta nostálgica pelo que não pertence a minha geração, onde o designer manipulava a matéria pelos sentidos a fim de entender e transformar ela.

0
2

Nov 2013 I like the article:

Ronald Kapaz

Ronald Kapaz

Dec 2013

Mário Verdi

Mário Verdi

May 2013